Paracelso


 
 

Goodman & Gilman: as Bases Farmacológicas da Terapêutica

DOWNLOAD Goodman & Gilman:

as Bases Farmacológicas da Terapêutica

          Goodman & Gilman é mundialmente reconhecido como a bíblia da farmacologia. Nenhuma outra obra sobre o assunto é tão abrangente, precisa e atual.

          Os links são independentes, portanto é só baixar, descompactar e estudar! Não há necessidade de juntar as partes.

Parte i

http://www.easy-share.com/1906699256/Goodman.0001.rar


Parte ii

http://www.easy-share.com/1906699576/Goodman.002.rar


Parte iii

http://www.easy-share.com/1906699724/Goodman.0003.rar


Parte iv

http://www.easy-share.com/1906699895/Goodman.0004.rar


Parte v

http://www.easy-share.com/1906699003/Goodman.0005.rar


Parte vi

http://www.easy-share.com/1906699144/Goodman.0006.rar

 

Fuiiii...

Legalgj



Categoria: Download
Escrito por Júnior às 00h22
[   ] [ ]




 
 

Guia de Medicamentos Genéricos

DOWNLOAD Guia de Medicamentos Genéricos

          Guia Informativo sobre os Medicamentos Genéricos tem o objetivo de informar e orientar os profissionais de saúde, especialmente os prescritores. Contém um conjunto de informações básicas relativas aos Genéricos registrados, não se constituindo em um tratado terapêutico, portanto as informações adicionais devem ser buscadas na literatura médica apropriada.
          Na primeira parte do guia estão os Medicamentos Genéricos por classes terapêuticas, com asprincipais informações técnicas referentes a cadamedicamento registrado. A segunda parte contém as Listas de Medicamentos Genéricos, por classe terapêutica, por referência e por ordem alfabética, facilitando consultas. Além disso, consta a relação dos medicamentos que não podem ser Genéricos e os isentos de bioequivalência, de acordo com a legislação vigente.

Link para download: http://uploaded.to/?id=64qke3

 

Fui...

Legalgj



Categoria: Download
Escrito por Júnior às 11h26
[   ] [ ]




 
 

Lehninger: Princípios de Bioquímica

 

DOWNLOAD Lehninger: Princípios de Bioquímica

           Este livro sem duvida nenhuma é Bíblia da Bíoquimica. Ele diz tudo em seus míninos detalhes, coisa que outros livros não tem. Para o estudante da área de saúde e de ciências biológicas é imprencindível a sua aquisição, pois a Bioquímica é base de tudo que diz respeito ao ser vivo. Planejado para estudantes com interesse principal em bioquímica e disciplinas relacionadas, bem como para estudantes de graduação e nos programas de medicina, odontologia, veterinária e farmácia. Está em português.

           O livro está dividido e suas partes são independentes. Portanto, se você precisa apenas dos últimos capítulos, você pode baixá-lo sem a necessidade de baixar todas as partes e juntar, fato que estava causando muito incomodo.

 

Parte i - Fundamentos de Bioquímica

http://www.easy-share.com/1906780742/Principios%20da%20Bioquimica%203

Parte ii - Estrutura e Catálise

http://www.easy-share.com/1906780865/Principios%20da%20Bioquimica%203

Parte iii - Bioenergética e Catabolismo

http://www.easy-share.com/1906781044/Principios%20da%20Bioquimica%203

 

Bons estudos...

Fui...

Legalgj

 



Categoria: Download
Escrito por Júnior às 11h09
[   ] [ ]




 
 

Stockley's Drug Interactions 2009 Pocket Companion

DONWLOAD Stockley's Drug Interactions 2009 Pocket Companion

Inclui mais de 1500 interações e monografias específicas relativas a drogas ou grupos de drogas, dispostos por ordem alfabética para facilitar a busca. Contém um índice abrangente, fácil de usar, com símbolos de gravidade para oferecer orientação para o utilizador sobre o significado clínico da interação. Uma referência essencial para médicos, farmacêuticos, enfermeiros e outros profissionais de saúde. Devido à grande apelo internacional deste conteúdo, o texto já está traduzido para o espanhol, italiano e japonês.

Autores: Karen Baxter, Mildred Davis, Samuel Driver, Rebecca E. Garner, C. Rhoda Lee

Idioma: Inglês

Páginas:459

Tamanho do arquivo: 2,39MB

 

Link de download: http://www.megaupload.com/?d=QB9JBRQT

Tá com problema de baixar???? Link não funciona???? Deixe seu e-mail! Envio-o assim que possível!!!

 

LegalFuiii...

P.S.: Economia de £22.49... kkkkkkk



Categoria: Download
Escrito por Júnior às 13h23
[   ] [ ]




 
 

Symptoms in the Pharmacy

DOWNLOAD Symptoms in the Pharmacy


Na sua quinta edição (2005), o Symptoms in the Pharmacy é guia clínico para a prática farmacêutico. Uma importante fonte de consulta para aqueles que tem pretensões de trabalhar da área Clínica.

Autores: Alison Blenkinsopp, Paul Paxton, John Blenkinsopp e Alison Blekinsopp

Idioma: Inglês.

Páginas: 358.

Tamanho do arquivo: 1,2MB.

Para baixar este e-book basta copiar (Ctrl+C) este link http://rapidshare.com/files/214285828/symptoms_in_pharmacy.rar e colar (Ctrl+V)no sua barra de navegação. Pronto! Você fará o download em poucos minutos.

Tá com problema de baixar???? Link não funciona???? Deixe seu e-mail! Envio-o assim que possível!!!

 

LegalFuiii...

 

P.S.: em época de crise e conscientização ambiental, e-books são ótimas opções. Economia de R$ 262,40 e algumas árvores! kkkkkkk...


 



Categoria: Download
Escrito por Júnior às 23h55
[   ] [ ]




 
 

Piadinha para Descontrair (PSM)

Conto erótico de uma Farmácia

 

Fuiii...

Legalgj



Categoria: Farmácia
Escrito por Júnior às 00h34
[   ] [ ]




Zidovuldina é a mãe

" - Zidovuldina é a MÃE..."

(texto retirado de: http://blog.uncovering.org/archives/2008/01/nomes_medicamentos.html)

“Não sei se já repararam que há qualquer coisa de enigmático e surreal nos nomes dos medicamentos... As designações encontradas pelos diversos laboratórios para um simples remédio para a dor de cabeça têm o dom de a aumentar em vez de a tirar se tentarmos pronunciar o seu nome. Por isso os doentes, quando se dirigem à farmácia, nem se atrevem a dizer a palavra proibida - e não é por não perceberem a letra do médico! Ao invés, submetem sub-repticiamente a prescrição ao olhar conhecedor do farmacêutico, que a traduz e se encarregará de procurar o sinistro produto numa das suas numerosas gavetinhas. É quase como ir comprar preservativos com a farmácia cheia de gente...

Porque será então que os medicamentos têm nomes tão horripilantes? Será que os técnicos - ou serão os responsáveis de marketing? - das empresas farmacêuticas se divertem secretamente ao batizá-los? Será que fazem charadas e anagramas com as suas letras? Será que tentam formar palíndromos? Será que passam mensagens subliminares? Será que pedem a opinião aos familiares e amigos? Ninguém o sabe.

Estão a imaginar a conversa: "Asseguro-lhe, colega, que o nosso Cataflan é infinitamente superior ao vosso Curoxime." O outro retorquirá decerto: "Talvez, mas com o nosso novo Bizoprolol à base de Mirtazipina o vosso Rapamune será posto de lado!" O primeiro ainda poderá objetar: "Ah, mas está a esquecer-se do Vartonil..." e por aí fora.

E quando lhes acrescentam designações complementares em jeito de título nobiliárquico de ascendência duvidosa, do gênero Lozartan - Hidroclorotiazida APS ou Cirproterona + Etinilestradiol Nakria? Pavoroso...

Há nisto tudo uma questão de seriedade. Como pode um doente acreditar que um medicamento chamado Zumba com hormonas vá curar alguma coisa? É evidente que não cura coisa nenhuma nem com hormonas nem sem elas! Já uma panacéia de nome Ultratard diz tudo quanto à sua eficácia imediata, enquanto que um Pampe ou mesmo um Sopax não inspiram nenhuma confiança... E quem é que entra numa farmácia e pede uma caixa de Lanzogastro, de Rontilona ou mesmo de Chiroflu sem provocar uma epidemia de riso descontrolado?

Não, isto não pode ser coincidência... (...) Não acham estranho haver tantos medicamentos começados por "Z" (Zipos, Zomig, Zemalex, Zenitram, Zozarine, Zurim, Zixen, Zoloft, Zyprexa, Zurcal, Zigabal, Zera) e por "X"? (Xumadol, Xorbe, Xorpic, Xagrid)?... Aqui há gato! E já nem falo de alguns nomes com uma ressonância egípcia - só podem ser antigos deuses egípcios! - tais como Akineton, Avandamet, Nabumet, Lodot, Ketofene, Cosopt, Monoket, Ramik, Meralop, Keppra ou Rilutek!”

kkkkkkkkkkkkkkkkk...

fui...

Legalgj



Escrito por Júnior às 00h17
[   ] [ ]




 
 

Piadinha para Descontrair (PSM)

 

 

 



Categoria: Farmácia
Escrito por Júnior às 22h46
[   ] [ ]




 
 

Uso Racional de Medicamentos

 

CAMPANHA 5 DE MAIO

(Fonte: http://dafarmaciaufmg.wordpress.com/2009/04/23/campanha-5-de-maio/)

          5 de maio, conhecido como Dia Nacional de Luta dos Estudantes de Farmácia, é uma data escolhida para que se realize por todo o país campanha com a população sobre diversas questões relacionada a saúde.

          Atualmente a data é caracterizada como “Campanha Nacional pelo Uso Racional de Medicamentos” e tem o objetivo de conscientizar a população sobre os riscos da automedicação, da utilização inadequada de algumas plantas medicinais e do papel do farmacêutico.

          Nessa campanha busca-se combater a “empurroterapia”, feita pelos balconistas de farmácias que vendem, muitas vezes, medicamentos errados e sem necessidade para os clientes. É uma luta contra a mercantilização dos direitos do povo, salientando o papel do farmacêutico de impedir essa prática e de prestar assistência ao usuário.

 



Categoria: Farmácia
Escrito por Júnior às 22h05
[   ] [ ]




 
 

Piadinha para Descontrair (PSM)

 

Os 10 MANDAMENTOS DO SUS

1 - Se você não sabe o que tem, dá VOLTAREN;



2 - Se você não entende o que viu, dá BENZETACIL;


3 - Apertou a barriga e fez 'ahhnnn', dá BUSCOPAN;

4 - Caiu e passou mal, dá GARDENAL;

5 - Tá com uma dor bem grandona? Dá DIPIRONA;

6 - Se você não sabe o que é bom, dá DECADRON;

7 - Vomitou tudo o que ingeriu, dá PLASIL;

8 - Se a pressão subiu, dá CAPTOPRIL;


9 - Se a pressão deu mais uma grande subida, dá FUROSEMIDA!


10 - Chegou morrendo de choro, ponha no SORO.


...e mais...

Arritmia doidona, dá AMIODARONA...


Pelo não, pelo sim, dá ROCEFIN.


...e SE NADA DER CERTO, NÃO TEM NEUROSE...

...DIGA QUE:

É ESSA NOVA VIROSE!!!

Fuiii... Legal

 



Categoria: Farmácia
Escrito por Júnior às 23h22
[   ] [ ]




 
 

Propaganda de Medicamentos

MEDICAMENTO E LUCRO: uma associação pouco saudável*


(*: Custódio, B.B.; Vargas, S. L. Z. Propaganda de medicamentos - Medicamento e lucro: uma associação pouco saudável. Rio de Janeiro, 2005. Dissertação (Mestrado) - Curso de especialização em vigilância sanitária de medicamentos - Escola nacional de saúde pública Sérgio Arouca - Fundação Oswaldo Cruz.)

          A propaganda de medicamentos representa um dos principais recursos de marketing utilizados pela indústria farmacêutica. Ela tem como objetivo persuadir as pessoas a comprarem esses produtos, ainda que não tenham real necessidade de consumí-los. De forma geral, a propaganda de medicamentos não alerta os usuários sobre os riscos sanitários envolvidos no consumo indiscriminado de substâncias farmacológicas e nem para o fato de que todo medicamento, mesmo de venda sem prescrição médica, deve ser consumido com consciência e responsabilidade.

          A propaganda, ao divulgar os medicamentos como produto de consumo, tende, entre outras coisas, a induzir a auto-medicação, agravar patologias ou sintomas, incentivar a aquisição de produto ineficazes ou inadequados e ampliar os gastos do Sistema de Saúde, inclusive no que diz respeito ao tratamento de intoxicação medicamentosa, que ocupa o primeiro lugar no ranking de intoxicações nos centros de controle de toxicologia e farmacovigilância do Brasil.

          Algumas propagandas:

SE A MONALISA TIVESSE USADO BLISTEX® ...


CURTA e GROSSA


UMA FILOSOFIA DE VIDA

 

Fuiii... Legal




Categoria: Farmácia
Escrito por Júnior às 23h39
[   ] [ ]




 
 

Piadinha para Descontrair (PSM)

Fuiii... Legal



Categoria: Farmácia
Escrito por Júnior às 09h09
[   ] [ ]




Qual a diferença entre DROGA,

FÁRMACO e

PRINCÍPIO ATIVO ? 


          Droga (do francês drogue, provavelmente do neerlandês droog), com certeza é um dos termos mais utilizados e com vários sentidos. 

          Do ponto de vista químico-farmacêutico, refere-se ao ingrediente ou substância simples de natureza animal, vegetal, mineral ou sintética, que serve, em regra, à fabricação de produtos de natureza medicinal ou química. Vale lembrar que tais substâncias poderão ter atividade terapêutica (“aliviar/curar o organismo doente”)
          Se essa droga apresentar tal ação terapêutica (“aliviar/curar o organismo doente”) ela será chamada de fármaco (do grego Pharmakon). Isso quer dizer que o conceito de droga abrange o de fármaco, ou que, o fármaco é um tipo especial de droga que apresenta efeito farmacológico (“efeito curativo/preventivo”).
          O conceito de “princípio ativo”, praticamente é o mesmo que o de “fármaco”. Ou seja, tanto “fármaco” quanto “princípio ativo” são substâncias utilizadas no tratamento, cura e diagnóstico de enfermidades.
         


         

          Tudo bem! Então você quer dizer que Fármaco/princípio ativo e medicamento são a mesma coisa. Certo?
          Não. Medicamento é a preparação final que contém uma série de substâncias além do fármaco/princípio ativo. Ou seja, se o médico prescreve um comprimido de Tylenol 750mg, não significa dizer que aquele comprimido só contém 750 mg de paracetamol (princípio ativo do Tylenol). Existem outras substâncias que serão de extrema importância para que o medicamento tenha sua função. Dessa forma um medicamento não é só formado por um ou mais fármacos/princípios ativos. Só por curiosidade veja: carboximetilcelulose sódica, celulose microcristalina, dioctilsulfosuccinato de sódio, estearato de magnésio, hipromelose, macrogol e povidona. Essas são as outras substâncias presentes nos comprimidos de Tylenol 750mg, comumente chamadas de excipientes ou adjuvantes, que não possuem atividade farmacológica (“sem efeito curativo/preventivo”), mas que são essenciais para que os princípios ativos tenham suas respectivas atividades. 
  

Fui... Legal



Escrito por Júnior às 09h00
[   ] [ ]




 
 

Piadinha para Descontrair (PSM)

..."morri de TANTO querer viver"...

 

 



Categoria: Farmácia
Escrito por Júnior às 00h00
[   ] [ ]




Qual a diferença entre remédio e medicamento?

          Qual a diferença entre REMÉDIO e MEDICAMENTO ?

         

          Essa é uma dúvida bastante interessante! No dia-a-dia falamos a torto e a direito: "Tenho que tomar meu remédio", "Tou precisando de um remédio para dor de cabeça". Porém basta ligar a TV em um noticiário ou abrir uma revista e tá lá: "MEDICAMENTOS são banidos do mercado brasieleiro" (Revista Veja). Sim, e aí??! Remédio e medicamento são a mesma coisa?

          Não necessariamente, medicamentos são substâncias ou preparações feitas por farmacêuticos ou indústrias que atendem especificações técnicas e legais. (Decreto Lei 72/91: Toda preparação farmacêutica contendo um ou mais fármacos que possua propriedades curativas ou preventivas das doenças e dos seus sintomas, do homem ou animal, com vista a estabelecer um diagnóstico médico ou a restaurar, corrigir ou modificar as suas funções orgânicas).

          Deste modo, um preparado caseiro com plantas medicinais pode ser um remédio, mas ainda não é um medicamento.


          Em contrapartida, remédios são recursos ou expedientes para curar ou aliviar o desconforto e a enfermidade. Assim, todo medicamento pode ser considerado um remédio, mas nem todo remé pode se considerado um medicamento.

          De um forma simples, remédio é qualquer recurso que traga uma melhora ao paciente. Assim, podemos citar como exemplos:

               Você está triste e desabafa com um amigo.

               Ir à igreja e se confessar.

               Tomar água com açúcar em uma situação de susto.

 

          Veja que nessas situações nenhuma "substância ou preparação feita por farmacêuticos ou indústrias foi responsável pela melhora". São, então, exemplos de remédios.

          Mas está errado trocar um termo pelo outro? NÃO.

          No entanto, como a palavra "remédio" é um termo muito amplo e que abrangeo conceito de medicamentos é interessante saber quem é quem.


         

Fuiii... Legal

 



Escrito por Júnior às 23h40
[   ] [ ]


[ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]


 
Histórico
Categorias
  Todas as Categorias
  Farmácia
  Download
Outros sites
  UOL - O melhor conteúdo
  BOL - E-mail grátis
Votação
  Dê uma nota para meu blog



O que é isto?